BEM VINDO A

A VERDADE DO CRISTÃO.

Nosso objetivo não é e nunca será denegrir a imagem dos servos de Deus, mas sim, policiarmos as ações das pessoas que usam o evangelho a serviço de interesses próprios.

Não mediremos esforços para denunciar os lobos vestidos de ovelhas. Você poderá participar nos enviando as denúncias.

Sua manifestação vai ajudar acabar com a hipocrisia dentro das igrejas.

Vamos ser crentes de verdade. É nosso papel caminharmos segundo as escrituras.

Envie denúncias através do e-mail:

denuncia@verdadedocristao.com.br

ou pelo site

www.verdadedocristao.com.br

A direção.

PASTOR PEDE DESLIGAMENTO DE SAMUEL CÂMARA DA CGADB


PASTOR PEDE DESLIGAMENTO DE SAMUEL CÂMARA DA CGADB
Ele cita que o pastor presidente da Igreja-Mãe desobedeceu as normas da convenção ao provocar tumultos durante a 5ª AGE

SERÁ QUE O PASTOR SAMUEL CÂMARA QUER A CGADB OU A CPAD, QUE É A MINA DE OURO FACILITANDO O DESVIO DE DINHEIRO. O HOMEM QUER É RIQUEZA!
O pastor Davidson Gomes Vieira entrou com um pedido junto a Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil pedindo a expulsão de Samuel Câmara da convenção. Ele alega que o pastor da Igreja-Mãe teve condutas inapropriadas durante a 5º Assembleia Geral Extraordinária que aconteceu no começo do mês de junho.
O documento que já foi entregue para a CGADB conta que durante a reunião que aconteceu em Alagoas Câmara teria criado tumultos e incitações tendo apoio de outros pastores.
Vieira chama esses atos de “insolente e revoltoso” e afirma que a tentativa dele era de “desestruturar a união dos membros da CGADB”. “Tudo por conta de um espírito inconsciencioso, próprio de um sacripanta, ou seja, de pessoa falsamente beata”, diz trecho do documento protocolado no dia 3 de julho.
Essa conduta do pastor Samuel Câmara, de acordo com o documento, infringi uma norma do Estatuto da CGADB como cita o pastor Davidson, salientando que quem descumprir essas normas pode ser punido e suspenso.
Art. 130. Será aplicada suspensão ao membro que: II – faltar com decoro e devido respeito aos demais membros numa Assembleia Geral ou em reunião dos demais órgãos da Convenção Geral; III – desrespeitar a boa ordem e disciplina nas sessões da Assembleia Geral, ou fizer uso da palavra sem a devida autorização do Presidente.
O reclamante ainda cita fontes que comprovam que Câmara infringiu essas regras e ainda apresenta alguns pastores como testemunhas. Agora a CGADB deve analisar o processo.




O PASTOR DAVIDSON QUER MORALIZAR A CGADB, MAS PARA ISSO TEM QUE RETIRAR DA CAIXA OS TOMATES PODRES, QUE CHEFIA UMA GRANDE ANARQUIA. VEJA O BLOGO DO PASTOR:
E ASSISTA O VÍDEO ONDE SAMUEL CÂMARA SE FAZ DE CHEFE DE TORCIDA ORGANIZADA. APOIANDO-O SEU, BANDIDOS VESTIDOS DE PASTORES. VEJA ESSE VÍDEO NO YOUTUBE:




3 comentários:

  • Anônimo says:
    23 de julho de 2012 19:25

    Eu era eleitor do Pr Samuel Camara mas depois do que aconteceu em Maceió não voto em ninguem que estiverligado a ele eu acho que Pr Samuel Camara deveria usar exemplo do pr Silas maláfaia e se desligar da CGADB pois sua vez passou.

  • Anônimo says:
    23 de julho de 2012 19:31

    Se eu fosse o Pr Samuel Camara pedia o seu desligamento antes de ser desligado da CGADB pois realmente ele faltou com respeito a todos convencionais e descumpriu o estatuto o melhor antes de ser desmascarado deveria cair fora cGadb não identifica com o perfil do Pr Samuel Camara

  • Anônimo says:
    23 de julho de 2012 19:36

    Pr Samuel Camara vai cair desta vez acho que a CGADB deve mesmo desligar o Pr Samuel Camara para servir de exemplo para os demais se nos que somos membros da igreja fizer o que eu vi no video da age somos excluídos da igreja e porque o Camara vai passar de liso não pode .

Postar um comentário